Spider-Man: Homecoming

Spider-Man Homecoming.png

Sinopse: Depois de atuar ao lado dos Vingadores, chegou a hora do pequeno Peter Parker voltar para casa e para a sua vida, já não mais tão normal. Lutando diariamente contra pequenos crimes nas redondezas, ele pensa ter encontrado a missão de sua vida quando o terrível vilão Abutre surge amedrontando a cidade. O problema é que a tarefa não será tão fácil como ele imaginava.

O filme começa com uma pegada mais brincalhona, mais infantil, afinal, o nosso novo Homem-Aranha tem apenas 14 anos. Se eu fiquei preocupada durante o filme? O tempo todo.

Por que alguém daria uma roupa multi-high-tech para uma criança!?

O guri tem 14 anos e com todos os problemas que acompanham essa maravilhosa idade, ele tem que se preocupar em salvar o mundo. Great! Nada de ruim pode sair disso, não é mesmo? Ainda mais quando o citado adolescente tem como modelo o Homem de Ferro.

Tony, eu te amo, de verdade, mas pelamor… Você praticamente criou um monstro!

Voltando ao Peter.

Tom Holland é um ator fantástico, fenomenal! Eu fiquei completamente apaixonada com sua versão do Homem-Aranha, desde o Vingadores: Guerra Civil. É muito legal ver o struggle de Peter Parker/Homem-Aranha. O Tom vende muito bem esse personagem adolescente.

Que faz as piores escolhas possíveis enquanto tenta fazer as escolhas certas. Eu achei que existiria um limite para as más ideias que ele tinha, mas não. Fui impressionada a cada cena.

Detalhe: Karen melhor personagem. ❤

4/5 estrelas.

E a segunda cena pós-crédito é a melhor cena pós-crédito da história das cenas pós-crédito. MARVEL se superou dessa vez. ❤

Advertisements

Nerd Loot

E depois de três exemplares da subscribing box nerd geek brasileira NerdLoot venho dar minha humilde opinião sobre ela.

Nerdloot

Sempre tive vontade de fazer parte dos exploradores – a forma carinhosa como a NerdLoot chama seus assinantes -, mas sempre me faltou verba, então ficava só na vontade. Só que isso mudou quando consegui assinar em dezembro de 2016 e assim mantive a assinatura até fevereiro de 2017.

A qualidade de cada loot varia, é claro, porém sempre conta com no mínimo uma camiseta da NerdUniverse e com itens sortidos sobre o tema. Uma coisa que achei bem legal foi que a NerdLoot traz imagens exclusivas em suas camisetas e pôsteres.

Mas… Honestamente? Na minha humilde opinião, não vale o preço.

Claro, once every blue moon temos duas camisetas por caixa, mas ainda assim, não vale a pena. Pelo menos não para mim.

Meu primeiro loot foi o 16, Beyond the space. Gostei bastante, vieram duas camisetas – uma do Han Solo e a Millenium Falcon, e outra sobre um buraco negro precisei pesquisar, porque não sabia, btw – além de trazer um broche de Star Trek, uma máscara para dormir dos DeathTroopers, um copo do Guia do Mochileiro das Galáxias e o pôster de Guardiões da Galáxia. Se eu fiquei decepcionada com a ausência de Doctor Who? Sim, mas achei o loot interessante.

O segundo loot foi o 17, The Greatest Assassins. Porta copos de Game of Thrones, cada um com uma imagem da morte de algum personagem com uma frase engraçadinha e o Martin rindo no verso; miniatura em metal da máscara do Hannibal Lecter – que eu ainda não sei o que fazer com ela, visto que não há uma forma de expô-la; porta chaves do Kill Bill em mdf e sem imagem – que eu consigo entender que foi por conta de direitos autorais, mas se existe esse problema, porque não outra coisa?; camiseta do Punisher – gracinha! adorei; e um ímã de geladeira do Assassin’s Creed – que eu achei desnecessário e, por mais que seja engraçadinho, deixou a desejar; pôster do Deadpool e o Lobo matando todos os personagens do universo. Foi… triste.

E o terceiro e último loot foi o 18, Time Travelers. Camiseta do De Volta para o Futuro com direito a Exterminador do Futuro e Donnie Darko – ainda não sei o que o coelho faz ali, o que só mostra que tenho que ler o livro e assistir o filme; miniatura da Ocarina do Legend of Zelda – Ocarine of Time – quem não jogou levanta a mão! o/; pôster do Chrono Trigger – acho que esse foi o loot que eu menos conheci as coisas nele… i.i; cadarço do The Flash – PARE DE MEXER COM A LINHA DO TEMPO BARRY; adesivo do Exterminador do Futuro, ele brilha no escuro, mas… meh; e a miniatura da TARDIS em mdf. É um bloco de madeira com um adesivo muito mal colado por cima. Brochante é pouco para descrever meu sentimento sobre essa TARDIS.

Como eu disse… Minha opinião pessoal é que, por mais que a ideia dessa mistery box seja interessante – e OH MEU DEUS! é brasileira -, a realização não é lá das melhores. De novo, consigo entender todos os problemas de direitos autorais e que isso é uma coisa cara, e que se fôssemos conseguir todas as coisas perfeitas como conhecemos iria ser uma coisa absurdamente cara, pra mim – eu, Alessandra de Paiva – não vejo muito sentido em continuar com a assinatura.

Poderia dizer que a camiseta, ao menos, paga pelo resto da caixa, mas… na realidade as camisetas da NerdUniverse vêm com o mesmo problema daquelas que você compra no site deles. Tudo bem, são estampas exclusivas para a NerdLoot, só que a cada caixa os tamanhos variam, a qualidade não é tão regular.

E vem novamente o problema do preço. R$70,00 por si só já é caro, somado o frete, torna-se quase abusivo. Se a caixa viesse pelo preço divulgado no site, diria que sim, a camiseta paga a caixa – afinal as camisetas no site costumam sair por 70 reais quando não em promoção -, somando-se os 30 reais de frete que eu pago, entretanto, torna-se uma assinatura cara e que, convenhamos, não há garantia de que eu gostarei do que vem nela.

Foi uma experiência interessante, gosto dos produtos da NerdUniverse, gostei no geral da ideia da NerdLoot e parabenizo a empresa pelo seu trabalho. Só que para mim, na minha atual conjuntura, não dá.

E eu ainda estou chateada pela TARDIS…

Quem sabe em um futuro em que eu esteja trabalhando e tenha mais condição para procurar conhecer as coisas que vêm na caixa eu volte a ser uma exploradora.

Enquanto isso não acontece…

Adeus e obrigada pelos peixes.

The Cow Level is a Lie!

Hoje falarei de uma franquia de jogos que eu simplesmente amo.

Diablo 01

E assim começo minha narrativa sobre a franquia da Blizzard Entertainment. A franquia é composta por seis jogos no total: Diablo, Diablo Hellfire, Diablo II, Diablo II – Lord of Destruction, Diablo III e Diablo III – Reaper of Souls; tendo o primeiro jogo sido lançado em 31 de dezembro de 1996 e o terceiro jogo (desconsiderando as expansões) foi lançado em 15 maio de 2012.

Diablo 02

 

Uma das coisas que mais me deixa feliz com essa franquia é a forma como todos os personagens são caracterizados para terem uma história coerente – mesmo que tenha sido uma história criada tardiamente. Por exemplo: o personagem que criamos para jogar Diablo torna-se o Dark Wanderer, o personagem que põe a história de Diablo II em movimento e, que ao final, mostra-se ser o receptáculo da Soulstone do próprio Diablo. Em Diablo III este personagem ganha um nome, ele é Aiden, o filho mais velho do Rei Leoric.

Diablo 03

A cada novo jogo e expansão criado, podemos entender um pouco mais do mundo de Santuário, como os demônios conseguiram chegar ao reino dos homens e como eles se influenciam entre si.

Diablo 04

Entre DiabloDiablo II, o que tive mais contato foi com o segundo. Posso dizer que é um dos meus jogos favoritos – se não O favorito de PC – e nunca me canso, realmente, de jogá-lo! A história em si é interessante, cada novo “capítulo” somos apresentados a cidades, reinos, situações diferentes e progressivamente mais difíceis.

Diablo 05

Outra coisa que me deixa feliz é a questão dos personagens que podem ser criados. Originalmente só havia o guerreiro, o mago e o ladrão, hoje, em Diablo III, não só há mais personagens – bárbaro, monge, feiticeiro, arcanista, caçador de demônios e cruzado – como também há a escolha entre o sexo do personagem.

Diablo 06

Do lançamento de Diablo para o lançamento de Diablo III foram 16 longos anos de espera. É claro que sou suspeita para falar, amo a franquia e amo a Blizzard, então… Mas pode-se dizer que a espera foi bem recompensada. As cinematics, a jogabilidade, os personagens secundários, toda a história se envolve, se fecha, se completa. Coisas que me deixam feliz, é claro.

Diablo 07

Hoje continuo jogando, mesmo que já tenha zerado o jogo, mesmo não havendo mais Cow Level, mesmo que demore mais 16 anos para o próximo jogo.

É um daqueles que vale a pena esperar.

Camisetas CZ10

Quem curte uma camiseta mais despojada, geek e coisas afins sabe que é um tanto quanto complicado comprar coisas assim em lojas físicas ainda mais quando se mora em uma cidade como Lost. O que nos resta?

SIM! Lojas online!

cz10 01

E hoje venho falar sobre a loja CZ10 – Sua vida mais divertida or so they say.

Em uma das minhas várias navegações pela internet, recebi um banner da CZ10 que mostrava uma promoção. Queridos, sou mulher. Que mulher consegue resistir a palavra “promoção”? Basicamente eram (e ainda há essa promoção – CORRÃO!) 6 camisetas por RS149,90 e frete grátis.

As estampas que a CZ10 disponibiliza são fantásticas! Finalmente comprei uma camiseta de Doctor Who, uma de pokémon com a evolução do Squirtle #teamSquirtle, Deadpool, Guerra Civil, Star Wars e uma de Low Battery. E já devo dizer que têm novas estampas e eu estou apaixonada por elas…

O tempo de produção e entrega foi rápido e achei que o serviço deles foi superior a de outros sites que compro. Não precisei entrar em contato com o SAC, então não sei quão atenciosos eles são.

Agora sobre as camisetas.

Achei que as camisetas foram um pouco aquém do que eu esperava. A malha de algodão não é tão confortável assim e ainda tem o pequeno problema de que o babylook é curto. Sou uma garota alta e mesmo comprando a babylook G, elas ainda ficaram curtas, tudo bem que o babylook é geralmente mais ajustado ao corpo que a camiseta, mas achei que o fato de ser curto não permite que muitas pessoas o comprem sim, eu sei que deveria ter me atentado ao comprimento na tabela de tamanho, mas sou meio imbecil e esqueci de ver isso, eu, por exemplo, se voltar a comprar deles comprarei camisetas.

Outra coisa. As imagens são silkadas nas camisetas. Nada contra silk screen, mas notei falhas em algumas das camisetas que comprei e isso me deixou um tanto quanto triste. Tenho medo de que elas não durem tanto assim após as lavagens…

De qualquer forma, gostei das camisetas e gostei das imagens. Obrigada CZ10. E obrigada pelos mimos! São apenas balinhas, mas mostram um carinho com o consumidor. Acho sempre uma graça encontrar esses mimos surpresa. Tá que agora não vai ter surpresa na próxima, mas tudo bem…