Assassin’s Creed

assassins-creed

Tendo estreado no Brasil no dia 12 de janeiro de 2017, considerei um grande presente de aniversário que a Ubisoft me deu.

Brincadeiras à parte, sou fã da franquia de Assassin’s Creed desde quando meu pai comprou o Assassin’s Creed 3 e os livros que contam a história do Ezio. Então, nada mais válido que arrastar meu pai para assistir a este filme. E ainda com o brinde de ser o Michael Fassbender o ator principal… ❤

Sinopse: Por meio de uma tecnologia revolucionária que destrava suas memórias genéticas, Callum Lynch (Michael Fassbender) experimenta as aventuras de seu ancestral, Aguilar, na Espanha do século XV. Callum descobre que é descendente de uma misteriosa sociedade secreta, os Assassinos, e acumula conhecimentos e habilidades incríveis para enfrentar a organização opressiva e poderosa dos Templários nos dias de hoje.

Achei genial a forma como eles fizeram a ANIMUS no filme, bem mais interessante que a cadeira estilo MATRIX que é usada no jogo. Achei a forma como eles mostraram as memórias do Callum, a forma como ele foi treinado pela máquina… Tudo bem parecido com o jogo mesmo.

Fiquei triste com a morte da personagem que eu gostei no primeiro instante do filme, então não esperava nada além disso. Eu e minha sina de gostar das personagens que morrem…

All in all, foi um bom filme, divertido, que se aproveitou muito bem do 3D para mostrar os saltos de fé de uma forma fantástica. Deu até vontade de jogar os jogos de novo! Coisa que meu pai está fazendo, btw.

4/5 estrelas.

Moana

moana

Sinopse: Moana Waialiki é uma corajosa jovem, filha do chefe de uma tribo na Oceania, vinda de uma longa linhagem de navegadores. Querendo descobrir mais sobre seu passado e ajudar a família, ela resolve partir em busca de seus ancestrais, habitantes de uma ilha mítica que ninguém sabe onde é. Acompanhada pelo lendário semideus Maui, Moana começa sua jornada em mar aberto, onde enfrenta terríveis criaturas marinhas e descobre histórias do submundo.

Esse foi o primeiro filme que assisti nesse ano. E que filme!

Já imaginava que iria adorar, sabem como é, Disney e tudo o mais. Adoro praticamente tudo o que é da Disney.

Achei genial o fato de que a Moana não precisa de ninguém dizendo pra ela o que ela deve ou não fazer, ela é um espírito livre, que quer ajudar a sua ilha e cumprir o seu destino. Ela tem a coragem para lutar contra a realidade em que vive, buscando uma forma de encontrar o seu caminho.

E é um musical!! ❤

Ainda quero muito assistir o filme em inglês, porque o Maui é dublado por ninguém menos que Dwaine the Rock Jhonson! ❤

Foi um filme maravilhoso que ensina muitas coisas para a criançada e os adultos.

Mereceu suas 5/5 estrelas! ❤

Rogue One

Rogue one.jpeg

Sem sinopse porque eu só achei sinopse em inglês e fiquei com preguiça de traduzir. Sou dessas.

Oi, meu nome é Alessandra e eu tenho uma unpopular opinion em relação a esse filme e já estou preparada para receber pedradas.

Eu não gostei do filme.

A história é conhecida – Hello! Ele se passa entre o Episódio III e o Episódio IV, então é óbvio que ninguém sobrevive no final – então de certa forma não esperava que fosse algo tão diferente assim, mas não gostei da forma como ela foi narrada, não gostei da Jyn e achei desnecessário 60% das coisas que acontecem no filme.

Eu sei que o universo de Star Wars é uma coisa estúpida de tão grande, possivelmente um dos maiores – de tamanho de história – fandom que existem hoje em dia e eu respeito a história canônica – e expandida – dele.

Só que… eu enjoei de Star Wars. Essa é a mais pura verdade.

Amei ver o Darth Vader de novo, os novos troopers, a construção da Estrela da Morte – sou uma mocinha do Império e não da Aliança Rebelde -, só que a participação da Jyn, o capitão, o “Vader rebelde”, até mesmo a Aliança Rebelde caindo aos pedaços e capengando a cada passo, achei tudo tão forçado, tão bobo, tão mal representado.

Não foi um filme que me divertiu, não reacendeu meu amor pela franquia, não senti absolutamente nada em relação a ele e, o que é pior, realmente queria ter sentido.

2/5 estrelas.

Spectral

spectral

Sinopse: Quando uma força sobrenatural causa estragos numa cidade europeia devastada pela guerra, um engenheiro se une a uma equipe de elite para detê-la.

Spectral é um filme original da Netflix e não se deixem enganar, mesmo com um toque de suspense/terror, é um filme de ficção científica bastante interessante.

Em um futuro pós-apocalíptico, existe uma guerra na Europa tipo, like always e os soldados americanos começam a enxergar com seus óculos de amplo espectro formas humanoides que não deveriam existir. Quando essas formas começam a atacar os soldados é necessário descobrir de onde elas vieram e o que elas querem.

Há muitos atores fantásticos nesse filme, o que só torna o movimento de assistí-lo ainda mais interessante e fácil.

A teoria do filme é até bem simples e muito facilmente comprável, isto é, até o momento em que o doutor começa a falar sobre física quântica e em formas de criar “condensados”. Infelizmente não é leite condensado…

Me diverti muito assistindo esse filme, mas fiquei agoniada com as decisões que os personagens tomavam e com a morte de todos os personagens que eu gostei.

4/5 estrelas.

Desafio dos 365 filmes em 1 ano

Como não podia deixar de ser, eu e minhas ideias imbecis, me fizeram começar mais um desafio – porque, como diz minha mãe, eu tenho muito tempo livre. SQN.

O novo desafio, como o nome já diz, é assistir um filme por dia em um período de um ano. Como AMO assistir filmes, isso não é exatamente um desafio para mim, então, ainda coloquei uma cláusula a mais nas regras do desafio: tenho que assistir a maior quantidade de filmes novos – as in filmes que eu ainda não assisti – para cada um dos temas.

Sim! Cada dia há um tema diferente, e como contam-se os dias a partir dos temas e não a partir dos meses, comecei o desafio no dia 04/12 – aleatória a esse ponto – e descobri que o desafio não é tão simples quanto eu imaginava.

O problema não é assistir filme, porque amo fazer isso, o problema é fazer isso dia a dia. Vou viajar para SP e passarei 8 dias por lá, terei que dar um jeito de separar um tempo para os filmes –q como se eu tivesse muito tempo pra poder fazer isso.

Como já se passaram 12 dias do início do desafio, colocarei aqui os primeiros 35 temas já com os filmes que assisti e os que pretendo assistir, afinal, vai que mais alguém resolve fazer o desafio, não é mesmo?

DIA 1 – Um Filme Random – The Boy and The Beast
DIA 2- Um Filme que marcou sua Infância – Lilo e Stitch
DIA 3 – Um Filme indicado por umx amigx – Mononoke Hime (Natalle <3)

DIA 4 – Um Filme do gênero Ação – Lucy
DIA 5 – Um Filme do gênero Anime – Kiki’s Delivery System
DIA 6 – Um Filme do gênero Clássico – A Princesa Prometida
DIA 7 – Um Filme do gênero Comédia – What we do in the Shadows

DIA 8 – Um Filme do gênero Documentário – Senna
DIA 9 – Um Filme do gênero Drama – Ex Machina
DIA 10 – Um Filme do gênero Esporte e Boas formas – Froning
DIA 11 – Um Filme do gênero Estrangeiro – Expresso do Amanhã
DIA 12 – Um Filme do gênero Fé e Espiritualidade – Deus Não Está Morto
DIA13 – Um Filme do gênero Ficção Cientifica – Teenage Mutant Ninja Turtles
DIA 14 – Um Filme de produção Nacional – Hermanoteu na Terra de Godah
DIA 15 – Um Filme de produção Independente – A Primeira Vez
DIA 16 – Um Filme do gênero Infantil – Frankenweenie
DIA 17 – Um Filme do gênero GLBT – Hoje Eu Quero Voltar Sozinho
DIA 18 – Um Filme do gênero Musical – The Rocky Horror Picture Show
DIA 19 – Um Filme do gênero Policial – Ilha do Medo
DIA 20 – Um Filme do gênero Romance – Simplesmente Acontece
DIA 21 – Um Filme do gênero Suspense – Uma Noite de Crime
DIA 22 – Um Filme do gênero Terror – The Silenced
DIA 23 – Um Filme de Zombies – Zumbis e Robôs
DIA 24 – Um Filme que passava na Sessão da Tarde – O Estranho Mundo de Jack
DIA 25 – Primeiro Filme de uma Trilogia – O Senhor dos Anéis: A Sociedade do Anel
DIA 26 – Segundo Filme de uma Trilogia – O Senhor dos Anéis: As Duas Torres
DIA 27 – Terceiro Filme de uma Trilogia (se tiver mais de três filmes na saga, o quarto filme deverá ser assistido no dia 28) – O Senhor dos Anéis: O Retorno do Rei
DIA 28 – Um Filme vencedor do Oscar 2016 – Os Oito Odiados
DIA 29 – Um Filme vencedor do Oscar 2015 – Birdman
DIA 30 – Um Filme vencedor do Oscar 2014 – O Grande Gatsby
DIA 31 – Um Filme vencedor do Oscar 2013 – O Lado Bom da Vida
DIA 32 – Um Filme vencedor do Oscar 2012 – A Dama de Ferro
DIA 33 – Um Filme vencedor do Oscar 2011 – O Discurso do Rei
DIA 34 – Um Filme vencedor do Oscar 2010 – Guerra ao Terror
DIA 35 – Um Filme Baseado em Historias em Quadrinhos – Quarteto fantástico

 Sei que alguns desses filmes parecem estranhos quanto a sua escolha, mas baseei todos os filmes em duas coisas: a primeira foi a ficha técnica dos filmes no Filmow (link do meu perfil) e a segunda foi a navegação pelo Netflix, então, basicamente é isso. E devo dizer que fiquei triste com a pouca quantidade de filmes vencedores de Oscar no Netflix – como minha internet não é lá das melhores, estou meio que presa aos filmes disponíveis no Netflix.

Dos filmes desse desafio creio que não farei resenha, afinal, são 365 filmes e já tem as resenhas que eu faço normalmente por aqui… Caso tenha algum filme da lista que desejem ver resenha, faço com prazer. :3

Caso alguém deseje participar do desafio, me marquem em suas postagens, será divertido ver a escolha de cada um.

Um beijo e até a próxima postagem!

Animais Fantásticos e Onde Habitam

Fantastic Beasts.jpg

Sinopse: O excêntrico magizoologista Newt Scamander (Eddie Redmayne) chega à cidade de Nova Iorque com sua maleta, um objeto mágico onde ele carrega uma coleção de fantásticos animais do mundo da magia que coletou durante as suas viagens. Em meio a comunidade bruxa norte-americana que teme muito mais a exposição aos trouxas do que os ingleses, Newt precisará usar suas habilidades e conhecimentos para capturar uma variedade de criaturas que acabam saindo da sua maleta.

Assistir Harry Potter e os Bicho Animais Fantásticos foi interessante por vários motivos. Fazia anos que não ia ao cinema com meus pais, fazia anos que não tinha filme de Harry Potter pra assistir e achei o máximo descobrir que o Ezra Miller (Credence) é, possivelmente, o maior potterhead do mundo.

Além disso, temos muitos atores muito bons no filme! Eddie Redmayne, Colin Farrell (Graves), Jhonny Depp – não, não vou fazer discussões acerca das tretas envolvendo o Depp -, adorei o ator que fez Dan Fogler (Jacob) e a Alison Sudol (Queenie).

Ver a MACUSA, saber um pouco mais de como a magia funciona nos EUA… Tudo isso me deixou muito, mas muito feliz!

E DÁ LICENÇA QUE O THUNDERBIRD APARECE NO FILME E ELE É O ANIMAL DA MINHA CASA EM ILVERMORNY! ❤ Muito amorzinho.

Agora… como história? Ainda estou naquela situação de tentar raciocinar o filme. É como se eu não tivesse comprado a história que eles tentaram vender com o filme.

Entendam, o filme não é ruim, muito pelo contrário. Só que eu – que acompanho o Pottermore e li tudo sobre Ilvermorny, MACUSA e tudo o mais – achei que tinha muita informação solta no filme. Cita-se a escola de magia americana – ok, não é importante para o filme em si -, não explica o motivo que levou a MACUSA a ter leis rígidas quanto a aproximação de bruxos e no-majs, e muito menos explica o que é a MACUSA!

Além do mais ainda temos o Grindelwald. Alguém me explica como o Grindelwald conseguiu se tornar o auror mais importante da MACUSA sendo que ele estava causing havoc na Europa? Ou ele matou o Graves e estava tomando poção polissuco para tomar seu lugar? Graves existiu mesmo?

O filme chama ANIMAIS FANTÁSTICOS E ONDE HABITAM e mal teve participação dos bicho!

Como podem ver, eu acho que preciso assistir mais algumas vezes o filme para formar uma opinião real sobre ele. Fiquei extasiada no cinema, chorei, tive pena do Credence, morri pelo Jacob e amay o Newt. Como eu disse na resenha de Harry Potter e a Criança Amaldiçoada, sinto falta desse universo maravilhoso que a tia Rowling criou. Fico absolutamente feliz que ela tenha continuado a história de uma forma não convencional. E agradeço os momentos de ócio no hospital e os amigos potterheads que me convenceram a ficar interessada em Animais Fantásticos, porque eu não estava com hype nenhuma pra esse filme –q

4/5 estrelas e que venha o próximo! ❤

Doutor Estranho

dr-estranho

Assisti este filme já há algum tempo e duas vezes em um mesmo fim de semana, mas continuo o levando dentro do meu coração.

Meu primeiro contato com Doutor Estranho não foi com os quadrinhos á vá e, incrivelmente, também não foi com este filme. Em algum momento deste ano, em um dos fins de semana que passei em Goiânia, meu sobrinho me chamou para assistir uma animação na Netflix. E nela havia um discípulo do Doutor. Se não me engano, o Doutor Estranho até aparece por alguns segundos na animação. E não, eu não me lembro do nome da animação.

MAS ME LEMBRO DO DOUTOR!

De qualquer forma, já sabia que no universo do Doutor Estranho havia manipulação da realidade, magia e essas coisas. Então não fui esperando ver super poderes ao estilo Vingadores.

Outra coisa que posso dizer – além da minha falta óbvia de conhecimento sobre a personagem – é que eu sou uma Cumberbitch. O que significa que eu adoro o Benedict Cumberbatch como ator, como pessoa, como delícia. O que significa que fui ao cinema já esperando mais uma atuação maravilhosa dele. Ask and you shall receive.

Eu adorei tudo nesse filme, absolutamente tudo. Ele com certeza entrou no meu Top 10 Filmes MARVEL. ❤

A única coisa que eu não curti muito e preparem as pedras para jogar em mim foram os efeitos especiais. Não é que eles foram ruins, muito pelo contrário, mas eu passei mal. Fiquei tonta e embrulhou meu estômago aquela quantidade absurda de caleidoscópios, ainda mais durante a passagem dos créditos.

Tirando esse pequeno detalhe, AMAY TUDO NESSE FILME. E nem preciso dizer que Loki (Tom Hiddleston)  e Doutor Estranho (Benedict Cumberbatch) vão se encontrar em Thor Ragnarok e meus ovários não vão resistir, né? Que bom…

Recebeu suas 5/5 estrelas com muito orgulho!