A Canção das Águas

IMG_20180305_204017_566

Sinopse: Caroline Oresteia está prometida ao rio. Por gerações, sua família ouviu o chamado do deus do rio, que guiou suas embarcações em incontáveis viagens pelas terras fluviais. Aos dezessete anos, Caroline está preparada para conhecer seu destino, após anos ouvindo a voz das águas. Mas o deus do rio ainda não falou o seu nome – e se ele não o fez até agora, existe uma chance de que nunca o fará. Ela decide tomar as rédeas de seu próprio destino quando seu pai é preso por se recusar a transportar um caixote misterioso. Ao concordar em fazer a entrega em troca de sua liberdade, Caroline é pega em uma rede de políticas e mentiras, sem a ajuda do deus do rio e com perigosos piratas atrás da carga. Com tanta coisa em jogo, ela precisa escolher entre a vida que sempre quis e a que nunca imaginou para si.

Livro escolhido para o item 19. Um livro que se passa no mar.

Inicialmente eu achei que não seria esse o livro para este item e que eu nem conseguiria enquadrá-lo no Desafio de Leitura, até porque ele foi publicado no ano passado e a história se passa praticamente apenas nos rios. Mas, como eu sou doidinha e não quero atrasar com as minhas leituras do Turista Literário, decidi que leria o livro antes de chegar a caixinha de fevereiro. E eis que descubro que a história se passa também no mar!

Felicidade instantânea!

Devo dizer que a narrativa do livro é muito boa de ler, mas que há um excesso de sexualidade na história que me deixou levemente incomodada. Só que aí eu me lembrei que o livro conta a história de piratas e tudo ficou bem ao final.

Mas continuei incomodada com o apelido de Caroline – Carô…

A Caroline é uma personagem interessante, mas o que realmente me chamou a atenção na história é a forma como ela se relaciona com as outras personagens – principalmente Bee – e com a Cormorant. A ideia de que os deuses possuem seus favoritos e que os ajudam também me deixou satisfeita e mais curiosa com a história em si. Caroline foi, até o final ou no meu caso o meio um ponto fora da curva em relação a sua família pela falta de dotes de comunicação com o deus do rio.

Ah, e como eu não podia deixar de falar, o livro se encerra de uma forma tão maravilhosa que senti como se não precisasse de continuação, mas como essa história será uma duologia, não poderia ficar mais satisfeita, afinal, Caroline está apenas começando sua aventura solo…

Claro que a malinha do Turista foi uma surpresa e tanto, muito satisfatória, ainda mais porque ela veio em janeiro, o mês do meu aniversário, com um livro que eu queria muito! ❤ E a história foi uma delícia de ler! A li em apenas 8 horas.

4/5 estrelas.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.