O Filho de Netuno

17. O Filho de Netuno

Sinopse: A vida de Percy Jackson é assim mesmo: uma grande bagunça de deuses e monstros que, na maioria das vezes, acaba em problemas. Filho de Poseidon, o deus do mar, um belo dia ele acorda de um longo sono e não sabe muito mais do que o seu próprio nome. Mesmo quando a loba Lupa lhe conta que ele é um semideus e o treina para lutar usando a caneta/espada que carrega no bolso, sua mente continua nebulosa. De alguma forma, Percy consegue chegar a um acampamento de semideuses, mas o lugar não o ajuda a recobrar qualquer lembrança. A única coisa que consegue recordar é outro nome: Annabeth.
Com seus novos amigos, Hazel e Frank, Percy descobre que o deus da morte, Tânatos, está aprisionado e que Gaia pretende reunir um exército de gigantes para dominar o mundo e reescrever as regras da vida e da morte. Juntos, os três embarcam em uma missão aparentemente impossível rumo ao Alasca, uma terra além do controle dos deuses, para cumprir seus papéis na misteriosa Profecia dos Sete. Se falharem, as consequências, é claro, serão desastrosas.

Escolhi para o item 17. Um livro com um personagem que gostaria de ser o livro O Filho de Netuno do tio Rick Riordan, obviamente.

Na verdade eu tenho uma coisa muito importante para assumir aqui. Não existe realmente um personagem que eu gostaria de ser – talvez, se realmente for necessário escolher, a Reyna -, a questão é que eu amo tanto o universo de Percy Jackson que não consigo escolher um dos personagens. -q

Preferiria criar um personagem completamente próprio e novo e colocá-lo na história. O que realmente importa é: se eu fosse viver no universo de Percy Jackson (gregos, romanos, egípcios e nórdicos), gostaria de ser romana e ser do Acampamento Júpiter.

O ponto é que, mesmo sendo total e completamente apaixonada pelo Percy e todos os seus amiguinhos gregos, eu AMO o Acampamento Júpiter. A forma como os romanos “aperfeiçoaram” os deuses gregos, que não dividem os campistas por quem é seu pai/mãe divino e sim por coortes, gente, é simplesmente genial!

O fato de existirem as coortes e que elas são constituídas por diferentes semideuses faz com que cada semideus aprenda a lidar com o diferente, a confiar em outras pessoas, em aprender táticas para conseguir vencer guerras.

Fora que tem todo uma disciplina, uma organização que, de certa forma, falta ao Acampamento Meio-Sangue. E é exatamente essa disciplina, essa organização que me faz ter uma predileção pelos romanos. ❤

A Reyna, personagem que escolhi para esse item, é simplesmente fantástica. Ela é uma líder nata, além de ser inteligente e certa de suas escolhas. Ela é uma personagem absolutamente forte e fantástica.

Em relação ao livro em si, preciso dizer que senti sim a falta do Percy, ele é meu personagem favorito, não consigo deixar de amar o cabeça de alga. Acho que foi muito acertado por parte do tio Rick começar essa nova saga através do Jason e não do Percy, porque assim ele pôde introduzir o novo acampamento de uma forma mais natural e deixou sim todos nós nos sentindo como Annabeth, procurando saber o que diabos aconteceu com o Percy.

Hazel e Frank são dois personagens maravilhosos, tanto como um casal quanto separadamente. Acho que eles se completam de uma forma muito bonita, sem ter disputas para ver quem é melhor ou quem merece mais atenção. Além do que, eles são uns fofos! ❤

Em resumo, um livro 5/5 estrelas. Daria mais se pudesse.

E é isso! Até a próxima, pessoal!

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.