The Sundering

The Sundering.jpg

Sinopse: The hour of wrath draws near…

The valiant night elves have been shattered by the loss of their beloved general. The black dragon, Neltharion, has claimed the Demon Soul and scattered the mighty dragonflights to the winds. Above all, the demonlord, Archimonde, has led the Burning Legion to the very brink of victory over Kalimdor. As the land and its denizens reel from this unstoppable evil, a terror beyond all reckoning draws ever nearer from the Well of Eternity’s depths…

WARCRAFT

In the final, apocalyptic chapter of this epic trilogy, the dragon-mage Krasus and the young druid Malfurion must risk everything to save Azeroth from utter destruction. Banding together the dwarves, tauren and furbolg races, the heroes hope to spark an alliance to stand against the might of the Burning Legion. For if the Demon Soul should fall into the Legion’s hands, all hope for the world will be lost. This then, is the hour…where past and future collide!

THE SUNDERING

An original trilogy of magic, warfare, and heroism based on the bestselling, award-winning electronic game series from Blizzard Entertainment.

Vamos começar pelo começo. Costuma-se ser o melhor lugar pra se começar, não é mesmo?

Acho que talvez tenha ficado claro que alguns dos personagens desse livro ganharam o meu coraçãozinho. São eles: Rhonin, Broxigar, Krasus e Jarod Shadowsong. Não é que eu não tenha gostado dos outros personagens, mas é que esses em específico conseguiram adentrar meu coração e eu realmente me preocupei com eles a todo momento.

O que significa que: TODA MALDITA VEZ QUE UM DELES ME INVENTAVA DE SER ALVO DA BURNING LEGION EU QUERIA MORRER!

E isso é uma coisa que acontece com uma frequência absurda. Eu entendo o Brox e o Jarod se jogarem no meio da merda – eles sendo guerreiros e tudo o mais -, só que GENTE! Tem que ter limite pra vontade desse povo de morrer. Credo.

Nesse livro o Archimonde está tentando com muita vontade mesmo destruir as forças de defesa de Kalimdor, não somente night elves agora, graças aos esforços de Krasus, Rhonin, Malfurion e Brox. Contamos com a ajuda de várias raças diferentes, incluindo os tauren, o povo vaca – mas não aquelas vacas do cow level de Diablo -, os Earthen, também conhecido como anões, e os furbolgs, algo como urso-coruja.

No segundo livro o general Ravencrest morreu – e me deixou muito triste -, e agora as forças de defesa são comandadas pelo lorde Stareye. Problema: o lorde Stareye é mais um desses night elf que não tem nenhum conhecimento de campo e acaba fazendo as piores escolhas possíveis em sua campanha e tem uma morte horrível e merecida.

Assim que ele morre, Jarod Shadowsong resolve que sobreviver é uma boa e começa a – sem querer ou perceber – comandar todas as forças de defesa, sendo prontamente aceito como comandante porque esse menino tem todos os feelings certos para tomar as decisões certas. É tanto orgulho! ❤

Enquanto isso, o Illidan… Ah, o Illidan. Illidan, gêmeo do Malfurion, foi lá se entregar para o Sargeras e perde os olhos âmbar quando é marcado como servo e está muito bem, obrigado. Sério, Illidan recebe neste livro o selo de “Todas as Escolhas Erradas”. Nunca imaginei que alguém poderia escolher tanta merda, mas lá vai o Illidan mostrar que é possível!

No final da história: Todo mundo está tentando impedir o Sargeras de vir pra Kalimdor porque junto com ele os Old Gods conseguiriam fugir da prisão feita pelos Titãs. Mero detalhe, é claro que eles iriam destruir a tudo e a todos, né? Então não é uma boa ideia soltá-los.

E, eu juro que estou tentando manter a resenha o mais spoiler free possível, mas essa informação eu preciso dar. Eu preciso abrir o meu coração. Gente… Quando tudo parecia perdido, quando Sargeras está quase invadindo Kalimdor e Malfurion precisa de mais tempo pra poder conseguir fechar o portal, O BROX SE SACRIFICA.

Gente, o Brox. O meu Brox. – não calma mulher, se controla – Ele simplesmente pula pra dentro do portal, vai pra terra da Burning Legion que, detalhe, ainda tem demônios pra caraleos pra atravessar o portal, e vai lá fazer o last stand. Impedindo que o Sargeras atravesse o portal – até mesmo ferindo o general da Burning Legion!

Eu tô aqui escrevendo, dias depois de ter lido o livro, e estou quase chorando! Brox… Cantarei muitas canções sobre você, amigo. ❤

O livrinho que destruiu meu coração.

Rios de lágrimas. Esse é o resumo da história.

5/5 estrelas. E É TUDO CULPA DA NATASHA!

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s