Yuri!!! on Ice

yuri-on-ice

Sinopse: A história do espetáculo gira em torno de Yuuri Katsuki, que carregou todas as esperanças do Japão em seus ombros para vencer a competição de patinação no gelo Gran Prix Finale, mas sofreu uma derrota esmagadora. Ele volta para casa em Kyushu, metade dele sente que quer se aposentar, e a outra metade sente que quer continuar patinação no gelo. Com esses sentimentos mistos girando dentro de si, ele se limita dentro da casa dos pais. De repente, o vencedor de cinco competições consecutivas de patinação no gelo, Viktor Nikiforov, aparece diante dele, e junto com ele está Yuri Plisetsky, uma jovem patinadora russa que já está derrotando os seus veteranos.

Acompanhamos a vida de Yuri enquanto ele vai redescobrindo sua paixão pela patinação no gelo com ajuda de sua família, amigos e, principalmente, pelo Victor que se tornou seu treinador.

A vida do Yuri é, basicamente, o sonho de todo fanboyfangirl. Ele consegue que seu idol fique ao lado dele, passa a viver com ele, eles têm um relacionamento homoafetivo canon (mas não tanto assim, porque o Yuri tem uma autoestima muito baixa e uma insegurança gigantesca). Ou seja: ele vive o sonho.

Acho que a grande questão deste anime é exatamente a forma como o Yuri foi caracterizado. Ele é muito humano, real, nos identificamos facilmente com ele, porque ele é um personagem profundo – assim como todos os outros que nos são apresentados. Menos o JJ, porque o JJ é muito chato. Então quando o Yuri tem seus altos e baixos, não confiando em si mesmo, com medo de estar prejudicando a vida do Victor e não entendendo como um pentacampeão poderia estar feliz ao seu lado, nos relacionamos com ele, nos vemos na mesma situação.

Afinal, quem nunca se sentiu assim?

Honestamente eu gostei do anime, de verdade, mas não no nível em que as pessoas ficaram tão entretidas com ele. Talvez porque tinha um crack ship Yuri ao quadrado, talvez porque consegui prever cada novo acesso de paranoia do Yuri, talvez porque eu sentisse que ele ia fazer exatamente o que ele fez em cada episódio.

Mesmo sendo um personagem tão real, achei cada atitude do Yuri muito previsível, seguindo sempre o mesmo caminho. Não houve, ao meu ver, nenhum momento em que ele realmente sentiu que fazia algo por si mesmo, que ele confiava no que estava fazendo.

Se foi um dos melhores animes que assisti nesses últimos tempos? Com certeza! E foi fantástico acompanhar a relação Victuuri em um crescendo maravilhoso por todo o anime, e não ficar sentindo que estavam brincando com nossos sentimentos apenas insinuando um relacionamento gay ali. Eles realmente se amam e não querem se separar! É lindo! ❤

Sim, eu realmente espero que tenha uma continuação, quero ver Victor competindo, quero ver mais Otabek e Yurio, quero ver mais Yuri ao quadrado! Quero mais. Muito mais.

E valeu cada momento, cada surto, cada grito e suspiro e lágrima derramada.

Quem diria que um anime esportivo fosse tão profundo e real?

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s