Biblioteca de Almas

Biblioteca de Almas.jpg

E com este livro encerra-se a trilogia d’Orfanato Lar da Srta. Peregrine para Crianças Peculiares. Não, eu ainda não aceitei bem essa mudança do nome não, Intrínseca…

Sinopse: Um poder extraordinário.

Um exército de monstros.

Uma batalha épica pela sobrevivência do mundo peculiar.

Biblioteca de Almas é o último volume da celebrada trilogia iniciada com O lar da srta. Peregrine para crianças peculiares. Neste terceiro livro, depois de sofrer com a morte do avô, conhecer crianças com habilidades peculiares em uma fenda temporal e partir pelo mar em uma busca desesperada para curar a srta. Peregrine, Jacob vai finalmente enfrentar a inevitável conclusão dessa turbulenta jornada.

Jacob descobre uma poderosa habilidade e não demora a explorá-la para resgatar os amigos peculiares e as ymbrynes da fortaleza dos acólitos. Junto com ele vai Emma Bloom, uma menina capaz de produzir fogo com as mãos, e Addison MacHenry, um cão com faro especial para encontrar crianças perdidas.

Partindo da Londres dos dias atuais, o grupo vai percorrer as ruelas labirínticas do chamado Recanto do Demônio, uma complexa fenda temporal que abriga todo tipo de vícios e perversões. É ali que o destino de peculiares de toda parte será decidido de uma vez por todas. Tal como os volumes anteriores da série, Biblioteca de Almas une fantasia, aventura e sombrias fotografias de época para criar uma experiência de leitura única.

O livro se inicia exatamente no ponto em que o Cidade dos Etéreos se encerra, não perdemos um segundo de todo o problema em que Jacob e Emma enfrentam. E honestamente fiquei feliz em ver que o teaser do “primeiro capítulo” de Biblioteca de Almas foi exatamente isso, um teaser, e não o primeiro capítulo inteiro.

[INÍCIO DOS SPOILERS]

Jacob começa, em Cidade dos Etéreos, a desenvolver sua peculiaridade em um outro nível. Ele não consegue só ver e sentir a presença de um etéreo, ele consegue controlá-los. Exige um pouco de concentração, uma grande quantidade de sorte e, aparentemente, deixar a sua consciência livre, quase desligada.

Enquanto seguem a trilha deixada pelos acólitos que capturaram seus amigos, Jacob, Emma e Addison atravessam momentos conturbados, deixando Londres atual por uma fenda aterrorizante e perigosa antiga. Uma das fendas de punição.

Lá, após enfrentar os mais diversos perigos, conhecem o outro irmão da senhorita Peregrine, Bentham. Bentham os ajuda a bolar um plano e a invadir o local onde os peculiares e suas ymbrines estão aprisionados.

O que eles e obviamente só eles, porque eu imaginei assim que o conheci não esperavam era serem traídos em um momento tão definidor quanto a batalha entre peculiares e acólitos.

Quando, finalmente, tudo parece perdido, descobrimos que Jacob é, na verdade, um dos antigos bibliotecários – peculiares que cuidavam das almas na Biblioteca – e que apenas ele era capaz de segurar os jarros que continham as almas peculiares.

Ao final do livro, as coisas deram certo, cada pessoa voltou feliz para o seu lugar de origem e Jacob se vê enfrentando o pior dos pesadelos: sua família. Sua família normal acredita que Jacob perdeu a cabeça e está a ponto de interná-lo em um hospício. Será que ele nunca conseguirá juntar suas duas vidas?

Evitarei dar mais spoilers, porque realmente acho que este é um livro que merece uma opinião sincera de cada leitor. É claro, entretanto, que não vou conseguir falar apenas isso, não é mesmo?

Gostei muito deste livro, fiquei intrigada e instigada a continuar a ler, mas ficaram algumas coisas sem explicação. Não que sejam coisas extremamente difíceis de imaginar ou relevar, mas ficaram pontas soltas e eu não sou muito fã de pontas soltas. -q

Achei que foi um final digno para a história, uma luta épica, lugares estranhos – mesmo para padrões peculiares – e muita intriga! É o tipo de livro que eu gosto! Devo dizer, mesmo assim, que tiveram alguns momentos bastante cansativos. A dicotomia de Jacob, seu receio, seus medos, foram bastante repetitivos. Emma também não se mostrou tão diferente do que nos outros livros, não notei aquele desenvolvimento que é tão nítido no segundo livro. Tiveram momentos forçados.

Nada que implique uma leitura demorada li em poucos dias ou confusa. Só… não achei tão maravilhosa quanto nos outros livros.

[FIM DOS SPOILERS]

Editora Intrínseca fez um ótimo trabalho, incluindo na capa a assinatura de cada um dos personagens! #morri Achei um tanto estranho – e não me lembro direito de como eram posicionadas as fotos no segundo livro – que as fotos mencionadas no texto demoraram muito para serem mostradas, às vezes sendo mostradas em grupo. O que me causou certa confusão, mas nada que uma relida na descrição das fotos não resolvesse.

De resto, foi um livro muito bom, gostei bastante dele e, com certeza, mereceu suas 4/5 estrelas. E é uma saga que já entrou no meu coração e está na minha lista de favoritos. ❤

Agora partiu comprar o Contos Peculiares e esperar pelos próximos livros do tio Riggs.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s