Morte Súbita

Morte súbita.jpg

 Sinopse: Quando Barry Fairbrother morre inesperadamente aos 40 anos, a pequena cidade de Pagford fica em choque.

Pagford é uma pequena cidade inglesa, aparentemente, pacata e idílica, com uma praça de mercado, ruas de paralelepípedos e uma antiga abadia. Tudo o que de mais comum e organizado possa haver numa cidadezinha. Contudo, por detrás das belas fachadas, encontra-se uma cidade em guerra…

Ricos contra pobres, jovens contra seus pais, esposas contra seus maridos, professores contra seus alunos…

Pagford não é o que parece. E o assento vago deixado por Barry no Conselho da paróquia logo se torna o catalisador da maior guerra que essa cidade já viu. Quem vai triunfar numa eleição carregada de paixão, duplicidade e revelações inesperadas?

Um grande romance sobre uma pequena cidade, “Morte Súbita” é o primeiro romance adulto de J.K. Rowling.

Devo dizer que a primeira coisa que me chamou a atenção neste livro foi, obviamente, a autora. A tia Rowling fez parte da minha infância e adolescência – e continuará fazendo parte da minha vida adulta – através de Harry Potter, então é óbvio que fiquei curiosa para ler seu primeiro romance para adultos. Não, eu não li o livro que ela escreveu sob um pseudônimo.

Inicialmente achei que seria uma história batida, afinal, temos muitos livros, filmes e seriados que se desenvolvem entorno da morte de alguma personagem importante de uma comunidade afastada. Então quando o Caio-senpai me contou por alto sobre o que era o livro, fiquei com um pé atrás.

Estou em um momento da minha vida que gosto de ser surpreendida com o que quer que eu faça então já me preparei para um pouco mais do mesmo e dei início à esta leitura.

E como eu poderia estar mais errada! ❤

Inicialmente demorei um pouco para descobrir o ritmo do livro porque estou estudando e trabalhando e porque este livro eu li apenas quando não estava em casa. Sou dessas que lê mais de um livro ao mesmo tempo e de acordo com a localização, um livro para casa e um livro pra rua.

Quando finalmente encontrei meu ritmo, devorei o livro em poucos dias – e teria lido mais rápido se quebrasse a regra e lesse ele exclusivamente.

Agradou-me muito o fato de que a morte de Barry Fairbrother não ser – precisamente – o centro da história. É o pano de fundo, é o que faz a história se iniciar, mas não é o que a perpetua.

O livro é, na realidade, sobre o relacionamento das personagens com aquela comunidade, com Barry e vai além de como eles lidam com a morte dele. Há discussão sobre desigualdade social, status quo, relacionamentos abusivos, bullying, e tantas outras coisas! E é um livro que traz algo que eu simplesmente adoro: ele conta a história das personagens secundárias! De certa forma, praticamente toda personagem apresentada na história é personagem principal, então a história delas é exposta à fundo.

O que eu – realmente – mais gostei no livro foi ter a certeza de que a tia Rowling é uma autora excepcional e não de um livro só, não de um estilo só. Ela não é só Harry Potter. Aguardo ansiosamente por mais trabalhos dela! ❤

Este foi meu primeiro encontro com a Editora Nova Fronteira e acredito que o trabalho que fizeram foi muito bom, prestarei mais atenção quanto a suas publicações a partir de agora.

4/5 estrelas.

Advertisements

One thought on “Morte Súbita

  1. Apesar de eu não ter gostado muito do livro, fico feliz que você tenha apreciado a leitura.
    Quem sabe você dê uma chance para “O chamado de cuco” depois. hehe
    Quanto a “Morte Súbita”, não nego que ele foi um livro interessante por não ser previsível e por focar em personagens “secundários”.
    Talvez eu não tenha gostado devido à expectativa diferente que eu tinha dele antes de lê-lo…
    Hmm…

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s