Caixa de Pássaros

caixa-de-passaros

Sinopse: Romance de estreia de Josh Malerman, Caixa de Pássaros é um thriller psicológico tenso e aterrorizante, que explora a essência do medo. Uma história que vai deixar o leitor completamente sem fôlego mesmo depois de terminar de ler.

Basta uma olhadela para desencadear um impulso violento e incontrolável que acabará em suicídio. Ninguém é imune e ninguém sabe o que provoca essa reação nas pessoas. Cinco anos depois do surto ter começado, restaram poucos sobreviventes, entre eles Malorie e dois filhos pequenos. Ela sonha em fugir para um local onde a família possa ficar em segurança, mas a viagem que tem pela frente é assustadora: uma decisão errada e eles morrerão.

Adorei a ideia do livro. Um “apocalipse” em que a pessoa vê algo e perde completamente a noção da realidade! É interessante perceber a angústia das personagens do livro enquanto elas perdem o contato com a humanidade e, principalmente, quando perdem a visão.

Antes de ler o livro, já havia assistido a resenha da Jade Abud, minha amiga – adoro as resenhas dela! -, então já tinha um pouco de ideia sobre como o livro seria, mas, ao contrário dela, gostei muito do livro!

[INÍCIO DOS SPOILERS]

Quando Malorie percebe estar grávida, tenta manter um pensamento mais cético em relação ao “ataque” que a humanidade está sofrendo, mas, quando os casos atingem os Estados Unidos e ela e a irmã perdem o contato com a família, acaba cedendo e as duas começam a se proteger e ficar dentro de casa.

O livro é um tanto claustrofóbico, tendo apenas uma localização onde a história se passa, variando a narrativa em passado e presente de forma que podemos acompanhar o desenvolvimento do problema. Quando ela sai deste ambiente seguro, a história fica ainda mais incrivelmente tensa e difícil e, convenhamos, insana. Quem imaginaria sair de barco por um rio com os olhos vendados?

Cada pessoa que entra na vida de Malorie é uma potencial ajuda e um potencial inimigo. A realidade pós apocalíptica em que ela vive é estressante e angustiante, principalmente quando fala sobre o parto que ela e Olympia acabam fazendo em casa.

E, pior do que o que acontece com as pessoas, perceber que as criaturas também afetam os animais é uma coisa de se cortar o coração. Apeguei-me mais do que imaginei ser possível a Victor, o cachorro de Jules.

Achei interessantíssimo o fato de não saber o que são as criaturas, como elas se parecem, o que elas fazem e porque estão no mundo. Deixa todo um novo universo disponível para a sua imaginação e eu adoro histórias assim: sem um final realmente preciso e destrinchado. Gosto de poder imaginar como as coisas podem acontecer.

[FIM DOS SPOILERS]

A Editora Intrínseca fez um papel fantástico com essa edição, colocando detalhes de árvores – ou raízes – em cada capítulo. Sou suspeita para falar da Intrínseca porque sou apaixonada pelo trabalho dela, mas realmente adorei a forma como o livro foi feito.

Em resumo, foi um livro interessante e que me prendeu mesmo eu tendo demorado 2 dias para terminar de ler e que com certeza me deixou angustiada por alguns instantes.

4/5 estrelas merecidas!

Advertisements

2 thoughts on “Caixa de Pássaros

  1. Concordo com sua xará! Complexo e bem interessante!
    Sinto vontade de ler, mas acho que minha ansiedade será ativada ao não saber o que espera atrás das vendas. Curti muito! Obrigada pela resenha ❤

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s