Ragnarok

ragnarok

Existem momentos em que só queremos um filme imbecil.

Não que eu considere este filme DE TODO imbecil, mas ele fez jus à escolha. Esperava um filme o minimamente zoado, e eis que ask and you shall receive. Ele é bastante zoado.

Sigurd é obcecado com a história do Ragnarök – digamos o apocalipse nórdico – e quando o seu colega de pesquisa, Allan, encontra inscrições de runas em uma pedra no meio do nada, ele acha que conseguirá decifrar o segredo por trás do mito.

Mal sabe ele que o segredo é na verdade um monstro. Ou monstra..? É uma mãe. Isso. Este é o termo correto. Mãe. Já são assustadoras o suficiente normais, imagina uma mãe monstro. Um monstro mãe. Ah! Vocês entenderam. Na minha cabeça um tanto insana o monstro do filme é Jörmungandr, o segundo filho de Loki, a serpente que está fadada a cobrir céus e terra com seu veneno após ser libertada no Ragnarök. Em vista que ela está “solta” antes do fim dos tempos talvez signifique que não seja a Jörmungandr, mas gosto de brisar um pouco.

Achei o filme interessante porque mostra, além da falha caçada ao tesouro, o relacionamento de Sigurd com seus dois filhos. Os filhos, ou melhor, a filha é revoltada com o pai porque ele prefere lidar com lendas a realmente cuidar deles. A mãe é falecida.

Passei um bom pedaço do filme querendo ver o monstro, então posso dizer que fiquei feliz ao vê-lo por completo.

Como diversão para não pensar, nota 10. Mereceu as 4/5 estrelas.

Novamente, não vão esperando ver o melhor filme do mundo. Ele só atendeu às minhas expectativas e eu ri bastante com ele. :3

Advertisements

3 thoughts on “Ragnarok

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s