Inferno

Dan Brown conseguiu, de uma forma que poucos (ou não) conseguem, criar um personagem que me cativou desde o primeiro de seus livros. Como não escolher Inferno para o item 07. Um livro com o título de uma só palavra?

07. Inferno.jpg

Adoro acompanhar o professor Robert Langdon se desdobrando para conseguir decifrar as pistas – que sempre são históricas e artísticas, é claro – de tal forma que ele geralmente sempre se ferra no processo para encontrar o que quer que seja que está sendo buscado.

Devo dizer, também, que ler este livro me incentivou a talvez ler A Divina Comédia de Dante Alighieri. Ver como todo o livro se desdobrou para ser centrado n’A Divina Comédia,  me deu ideias, me deu uma vontade – com o perdão da palavra – homérica de ler a obra prima de Dante. Que coincidentemente está separado em cima da minha mesa. Quem sabe eu não o coloque no desafio de leitura desse ano?

Não que A Divina Comédia deva ser lida apenas por ser um desafio, não não. Realmente acredito que seja um dos livros que a gente deva ler antes de morrer. É um clássico! E QUE SE PASSA NO INFERNO, PURGATÓRIO E PARAÍSO!! É um tema recorrente que eu adoro. Então… Eu sou suspeita para falar da importância de lê-lo.

Voltando ao Langdon.

Sendo este o terceiro livro do Dan Brown que eu li, preferi muito mais Anjos e DemôniosO Código da Vinci do que de Inferno. Até porque, mesmo com todo o universo criado por Dan Brown baseado em nosso universo, a história de Anjos e Demônios e d’O Código da Vinci convencem melhor do que a de Inferno.

Fora que eu prefiro as outras personagens femininas que acompanham o Langdon. Não gostei tanto assim de Sienna Brooks, mesmo ela sendo uma das personagens principais do livro. Já a Elizabeth, eu adorei! E a Vayentha… Poor Vayentha. O diretor é um cara filha da putamente massa, e o Robert é o Robert.

Mas a trama em si não me convenceu. Achei muito mais forçada que O Código da Vinci Anjos e Demônios – e isso é dizer muito, ao meu ver.

3 de 5 estrelas.

Advertisements

2 thoughts on “Inferno

  1. A divina comédia é maravilhosa! Você vai adorar! ❤
    Foi Dante que dividiu o inferno em círculos, ele que decidiu tudo o que sabemos direito sobre esse local. É demais pro meu coração.
    Se você achar cansativo ler a versão poética, leia a versão em prosa que vale a pena também. Eu gosto muito da parte da chegada do Mefistófeles, no início mesmo. É muito irônico e engraçado. ❤

    Quanto ao Inferno, eu ainda não li nenhuma obra do Brown. Vou começar então por uma das outras duas que você citou!

    Liked by 1 person

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s